sábado, 7 de março de 2009

Emagrecendo.....

Antes de falarmos sobre emagrecimento, algumas considerações que acho importantes:

* Nosso peso ideal nem sempre é o indicado nas tabelas de IMC (Índice de massa corporal = peso divido pela altura em metros ao quadrado);

* O peso corporal não deve ser avaliado somente pelo peso da balança, ou seja: é importante sabermos quanto o peso de gordura representa no peso corporal total, afinal, é o excesso de gordura corporal que faz mal a saúde;

* Dieta não é a melhor opção para perda de peso definitiva;

* Emagrecer não significa privação e sim consciência daquilo que comemos;

* Mais importante do que estar magro, é estar saudável;

* A atividade física regular é fundamental para o controle e manutenção do peso adequado;

Então vamos lá!
Emagrecer é matemática pura: se consumimos menos calorias do que gastamos, perdemos peso. Este é o princípio da maioria das dietas. Porém, a médio e longo prazo a redução do consumo calórico faz com que o corpo se adapte a esse consumo, reduzindo e até mesmo cessando a perda de peso. Normalmente é nesta fase que algumas pessoas voltam a engordar.
Atingindo o peso ideal, abandonamos a dieta ou começamos a permitir alguns excessos e as calorias extras consumidas são estocadas lentamente no tecido adiposo, levando ao ganho de peso.
O que fazer?
Em primeiro lugar, desistir das dietas. Isso mesmo! Desistam das dietas, principalmente as famosas dietas da moda!
Segundo, sabermos exatamente quais nossas necessidades de calorias e nutrientes e seguirmos uma rotina alimentar adequada para que estas sejam supridas.
Outro ponto importante é que devemos adaptar a alimentação ideal a nossa realidade. O que quero dizer? Nem sempre podemos comer de forma ideal se nossa rotina não nos permite, e é por isso que as dietas só funcionam por tempo determinado.
É muito difícil com o tempo passando cada vez mais rápido perdermos tempo com a alimentação. Eu nem deveria concordar com isso, mas é verdade! Trabalho, filhos, família e outras obrigações, acabam ocupando mais tempo na nossa agenda do que a nossa saúde! É uma pena, mas realidade pura!
Encontramos em qualquer banca de jornal, livraria, internet e outras fontes, informações sobre alimentos saudáveis, chás que ajudam a emagrecer, alimentos que fazem bem ou mal, mas nem sempre o que realmente é adequado a cada um de nós.
Para manter a saúde em dia e o peso “ideal” precisamos seguir uma rotina alimentar personalizada, além de bom senso e conhecimento sobre o funcionamento do nosso organismo.
E é sobre isso que falaremos nos próximos “capítulos”.
Até lá!

2 comentários:

  1. Abalou! Excelente as suas colocações! Me deu até vontade de agendar uma consulta com você!!!! Aguardo ansiosa os próximos capítulos...

    Beijos grandes!

    ResponderExcluir
  2. Informação parece ser a chave para uma dieta saudável e para a manutenção do peso. Adorei a postagem e fiquei muito curiosa para ler os próximos capítulos. Entendi que além de fechar a boca, é preciso abrir a mente!!!!
    Bjss

    Patrícia Dutra (Stella Maris)

    ResponderExcluir