segunda-feira, 12 de agosto de 2013

PROPRIEDADES DA PIMENTA


Também considerada uma "aspirina natural", a pimenta, tanto do gênero piper (pimenta-do-reino) como do capsicum (pimenta vermelha), tem qualidades farmacológicas importantes. Pesquisas científicas mostraram que o uso da pimenta vermelha durante as refeições, estimula o sistema nervoso simpático, aumentando a liberação de noradrenalina e adrenalina, promovendo a diminuição do apetite e da ingestão de calorias, nas refeições seguintes, contribuindo para o emagrecimento.
A adrenalina e a noradrenalina também são responsáveis pelo estado de alerta, por isso a ingestão da pimenta também está associada à melhora de ânimo em pessoas deprimidas.
A capsaicina é o que confere o gosto picante à pimenta vermelha, e é o principal responsável pelas propriedades funcionais deste tempero.

Veja algumas das suas propriedades:
Induzir a termogênese (efeito de transformar parte das calorias dos alimentos em calor, reduzindo o acúmulo de gordura)
Atuar como antioxidante
Dissolver coágulos sanguíneos (como se fosse uma aspirina natural)
Fluidificar o muco dos pulmões, funcionando como descongestionante
Ação antibacteriana


A pimenta estimula as secreções digestivas, inclusive a de ácido clorídrico (produzido no estômago), por isso, pessoas com úlcera ou gastrite devem consumir a pimenta com moderação ou até mesmo evitar seu consumo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário